Revista Philomatica

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Beatriz Rondon: lobo em pele de cordeiro

Fábulas - e o fabuloso La Fontaine não me deixa mentir - são narrativas curtas escritas em prosa ou verso, com finalidade didática. Elas se caracterizam geralmente pela utilização de um animal simbólico ou personagens fictícios, diálogos vivos, afiados e quase sempre cômicos. O conceito moral implícito é usualmente expresso no final ou, mais raramente, no início do texto. Uma das principais características da fábula é apresentar uma dupla inversão de posições das personagens principais.
Das fábulas, também pode-se afirmar que diferem das parábolas, pois enquanto estas não ultrapassam os limites do provável, aquelas procuram sempre dar característica real ao fantástico, transferindo para os animais qualidades e sentimentos próprios do homem. Ao longo da história literária, muitos foram os fabulistas que nos legaram obras interessantes, alguns, monumentais, a exemplo de Esopo e La Fontaine.
A paternidade da fábula como gênero literário é atribuída a Esopo, lendário autor grego que teria vivido por volta do século 6 a.C., cujas fábulas serviram como base para recriações de outros escritores ao longo dos séculos, a exemplo de Fedro e La Fontaine. Esopo, dizem, encantava seus contemporâneos com narrativas inteligentes. Entre tantas, que caíram na tradição oral, havia aquelas em que o lobo figurava entre as personagens principais. Veja esta recontada por La Fontaine:
O leão, a raposa, o lobo e o chacal resolveram unir forças e saíram, pelas matas, para uma caçada conjunta. Em pouco tempo, surgiu uma presa e mataram um apetitoso veado. Por ordem do leão, separaram o animal em quatro partes iguais. A raposa, o lobo e o chacal estavam felizes, pois iam receber a sua justa porção, fruto da sociedade e do trabalho conjunto. O leão, do alto da sua majestade, começou a falar: o primeiro pedaço me pertence, pois, afinal, sou o rei dos animais. O segundo pedaço também me pertence, uma vez que sou o árbitro da partilha. O terceiro é meu, pois é a parte que me cabe como sócio. Quanto ao quarto e último pedaço, quero ver quem vai ter a coragem de me desrespeitar e colocar a pata em cima. Ao cabo de tudo, o leão comeu sozinho e os sócios de empreitada ficaram a ver navios.
Outra fábula de fundo moral semelhante fala do lobo que se disfarçou com uma pele de cordeiro e assim conseguiu se infiltrar num rebanho de ovelhas, fazendo-se passar por uma delas e aproveitando da situação para devorar as inocentes e desprevenidas vítimas. O conceito moral dessa história também está contido na passagem bíblica: "Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores"(S. Mateus, 7:15).
Enfim, a expressão lobo em pele de cordeiro é usada sempre que alguém finge se passar por gente correta, para alcançar objetivos desonestos e até mesmo criminosos e, parece-me, não foi outra a intenção da Sra. Beatriz Rondon, pecuarista e dissimulada ambientalista da Fazenda Santa Sophia, Mato Grosso do Sul.
Hoje o vídeo que mostra a Sra. Rondon despindo-se de sua pele de cordeiro veio à luz. Quando o vi na TV minha alma veio ao chão. Impulsivamente chamei-a de vagabunda. Depois, revi o vídeo na internet e não me contive: repeti meu xingamento e acrescentei vários outros que gostaria, fossem associados à pessoa da Sra. Rondon. No vídeo, que teria sido feito por turistas estrangeiros, aparece o criminoso Antonio Teodoro de Melo Neto, que está com a prisão decretada por caça ilegal. A pecuarista e pseudo ambientalista Beatriz Rondon também aparece e, diante de uma onça recém abatida a tiros, uma de suas falas é: “Era uma grande fêmea, muito bonita, que estava comendo minhas vacas aqui”. A Sra. Loba Rondon, é bom que se diga, recebia recursos de uma ONG internacional para proteger as onças.
Veja reportagem publicada há pouco no jornal A Tribuna News:
Estado - Meio Ambiente

Fazendeira e empresária recebia recursos de uma ONG internacional















A ação da Polícia Federal e do Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis) realizada ontem (05) em uma fazenda do município de Aquidauana , apreendeu várias galhadas de cervos, mandíbulas de porcos do mato, crânios de onças , couro de cobra, carcaças de animais silvestres, instrumentos utilizados para caça de onça, munições e armas de uso restrito.
Todas estas provas que dão indícios as caçadas ilegais de animais silvestres foram encontradas na Fazenda Santa Sofia, de propriedade da fazendeira e empresária Beatriz Rondom.
Em 2002 Beatriz recebia recursos de uma ONG internacional para proteger as onças que atacavam o rebanho bovino. Para cada animal constatado morto por uma onça e periciado pela organização, a fazendeira recebia a quantidade de R$250. Era uma espécie de indenização, conforme indicou uma reportagem televisiva da época.
Segundo apuração da PF, a pousada da fazenda Santa Sofia era fachada para realizar abates clandestinos de animais. A empresária está sendo investigada e não foi indiciada porque não há provas que ela tenha ligação com o grupo que agia de forma organizada para a prática de crime ambiental.
O Ibama apontou que os primeiros indícios de irregularidade na fazenda foram constatados na Operação Jaguar, realizada em junho de 2010. A investigação ganhou reforço de um vídeo anônimo gravado dentro da fazenda, em momentos de caçadas e abates.
Ninguém foi preso porque não havia pessoas na fazenda no momento da ação.

Fonte: A Tribuna News/Juliana Santos

Como se vê, Esopo continua atual. A pele de cordeiro caiu, muito embora, algo me escapa nesse imbróglio todo: o vídeo não configura prova? Recentemente, em Santos, uma mãe abandonou seu bebê em uma caçamba de lixo, foi flagrada pela câmera de um estabelecimento defronte e, diante da prova irrefutável, foi para a cadeia. Por que no caso da Sra. Loba Rondon, o vídeo não serve como prova? Será que sua condição de grande pecuarista muda o teor do vídeo, colocando-a acima da lei? Ou teria ela contatos influentes em Brasília? Numa fazenda tão grande, com pousada para a recepção dos turistas caçadores, que chegavam a desembolsar de 30 a 40 mil dólares por safári, com direito a passagem, alimentação, translado, hospedagem, por que estava deserta no momento da operação? O fato de saber que a Sra. Rondon é filha de Péricles Rondon, falecido desembargador da república, me deixou tudo bem mais claro. No mínimo, parodiando Shakespeare, há algo de podre no reino da Dinamarca.
Me revolto. Por que tiraram a venda da justiça? Vérité en deçà des Pyrénnées, erreur au-delà.
Ah! Brasil! Por que a todo momento me obrigas a não esquecer a máxima de Pascal?

Imagens: disponíveis no Google Images.

53 comentários:

  1. Vagabunda ao final parece muito pouco para essa víbora.
    Não podemos chamá-la cascavel, porque esta avisa quando vai dar o bote.
    Os Rondon, se tem respeito pelo nome do sertanista, deviam obrigá-la a mudar de nome.

    ResponderExcluir
  2. Mais um motivo de vergonha para o Brasil.

    ResponderExcluir
  3. Morte a esta safada! Jihad nela!

    ResponderExcluir
  4. Essa Beatriz Rondon vai ter uma morte demorada e muito dolorida, estou convocando os piores macumbeiros do Brasil pra jogar uma energia negativa nessa filha da **** de Beatriz Rondon. Começa as dores dela no próximo dia 13 de maio, acompanhe na midia os resultados do que estou falando. Essa mulher ja era, 3 meses de vida aqui na Terra e a eternidade de sofrimento no inferno!

    ResponderExcluir
  5. Meu sonho, confesso de todo o meu coração, é de participar de uma caçada. Eu caçaria com imenso prazer essa mulher ordinária,vagabunda, desonesta,de má índole juntamente com seus comparsas e todos da mesma laia que estão envolvidos nesse caso absurdo, cruel e irracional.O pior é que, talvez, só irão pagar uma multa de R$ 100.000. Sinto-me enojada com tanta crueldade e também com tanta indiferença que tratam tais casos no Brasil.JÁ CHEGA! Sinceramente caso fosse morrer hoje e tivesse direito a um último desejo pediria encarecidamente que os deixassem em minhas mãos...

    ResponderExcluir
  6. Se disse ambientalista, era indenizada, e NÃO foi indiciada. Quem me garante que ela não volta a fazer isso, ou que vai perder os privilégios.... as indenizações por bovinos mortos por onça? Vai devolver todo dinheiro??? FILHA DA P...

    ResponderExcluir
  7. Meu sonho confesso de todo o meu coração, é de participar de uma caçada. Eu caçaria com imenso prazer essa mulher ordinária,vagabunda, desonesta,de má índole juntamente com seus comparsas e todos da mesma laia que estão envolvidos nesse caso absurdo, cruel e irracional.O pior é que, talvez, só irão pagar uma multa de R$ 100.000. Sinto-me enojada com tanta crueldade e também com tanta indiferença que tratam tais casos no Brasil.JÁ CHEGA! Sinceramente caso fosse morrer hoje e tivesse direito a um último desejo pediria encarecidamente que os deixassem em minhas mãos...

    ResponderExcluir
  8. Essa mercenária,covarde e vagabunda(Beatriz Rondon) pagaria caro se esse país não fosse vagabundo igual a ela.

    ResponderExcluir
  9. Pelo visto não somente eu desconfio das alegações de que não existem ainda provas suficientes para indiciar a Lôba Malvada. No meu blog: novaotica.blogspot.com fiz inúmeros questionamentos sobre o fato de ainda não ter sido decretada a prisão da pecuarista, inclusive questiono pq um pobre lavrador foi preso por raspar a cascar de uma árvore para fazer chá para a esposa( crime ambiental de menor potencial ofensivo) e essa fazendeira continua solta. Quantos políticos estão esquentando as costas dessa criatura?

    ResponderExcluir
  10. Mulher HORROROSA !

    ResponderExcluir
  11. Essa maldita , desgraçada tem mesmo que morrer da pior forma possivel, assim como todos seus descendentes para que não deixe seu DNA imundo na face da terra; Que cada animal que ela matou ou deixou matar que ela sofra em sua pele mil vezes mais do que eles tenham sofrido.
    Que o dinheiro roubado em nome dos animais seja maldito e um castigo para ela e sete gerações.
    Que as pessoas, governo, etc, que a ajudaram nessa tragédia recebem o mesmo castigo que ela; Brasil estamos com vergonha e nojo de seus representantes que sempre escondem os piores crimes.

    ResponderExcluir
  12. Essa mulher é tão vagabunda quanto aos ocupantes dos poderes legislativo, executivos e judiciario. o Brasileiro merece.

    ResponderExcluir
  13. Chamar essa Beatriz Rondon de vaca ´´e ofender o animal. Que mundo é esse que pessoas como ela se dizem ambientalistas, são respeitadas e posam de corretas.Nojenta....quero ver se haverá punição!!!!Maldita.....

    ResponderExcluir
  14. Onde está a lei!!!! por favor cadê a justiça a polícia ambiental e civil e florestal?

    ResponderExcluir
  15. Não pode ficar impune!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  16. Beatriz Diacopulos Rondon

    Endereço
    Faz Guanandy, s/n sn Zona Rural
    Cidade: Aquidauana / MS
    CEP: 79.200-000

    Telefones
    PABX: (67) 3241-2844

    ResponderExcluir
  17. Estou chocada com a cara-de-pau dessa criatura!!! Uma pena que as leis brasileiras relacionadas ao meio ambiente possuam mais caráter educativo que punitivo (as penas são muito sutis)! Essa maluca deveria ser condenada à prisão perpétua e ter seus bens confiscados e utilizados em programas proteção à fauna.

    ResponderExcluir
  18. Gente que bestialidade inifita reside naquela criatura demoniaca dessa beatriz nem se pode chamar por nome de pessoa esse monstro indizivel. Temos q protestar e exigir ela na cadeia e quem estava com ela tambem.

    ResponderExcluir
  19. vai chegar a sua hora muito em breve, te garanto

    ResponderExcluir
  20. Sinto um ódio tremendo ao imaginar o que essa FDP fez a estes animais indefesos. E olha que eu não tive coragem de ver o vídeo! não iria aguentar. Espero que alguém faça com ela algo muuuito pior do que ela fez com estas onças.Este sentimento é muito ruim, mas não dá p aguentar diante desta crueldade. MORTE À BEATRIZ RONDON E SEM PIEDADE!! Tomara que alguém tenha a coragem de matar esta desgraçada.

    ResponderExcluir
  21. Justica covarde para tomar providencias, a vinganca deve ser feita por nos, na mesma moeda, sem poupar nem seus familiares, ela esta em sao paulo, ja sabemos quem sao seus advogados e onde se encontram, rezo, para que tenhamos noticias esperadas por todos.

    ResponderExcluir
  22. Até em uma indefesa onça PRENHA essa VAGABUNDA atirou!!!
    No vídeo, a pior parte, é quando uma onça é ferida com um tiro, despenca de uma árvore e diversos cães mordem a onça e arrancam pedaços da pele do animal ainda vivo...
    Dá até desespero em ver o pobre animal agonizando, dando golfadas de sangue pela boca e com um olhar de pânico.
    Os olhos do pobre animal parecem dizer: Porque vocês estão fazendo isso comigo se eu não lhes fiz nada???
    Muito triste...

    ResponderExcluir
  23. Brasil!! Viva!!! Como sempre vale a escrita, gente rica não vai para a cadeia, nunca. Se alguém for preso, com certeza será aquele Sr. Zé Ninguém que aparece no vídeo e a rica pecuarista Dna. Rondon, continuará livre com seus amigos americanos safados.
    E ameaçam me prender por eu pescar piau na barranca do rio Miranda. É para rir kekekkeke

    ResponderExcluir
  24. que país de gente hipocrita, alias politicos cretinos que deve estar acobertando este mostro , quantos politicos e personalidades do nosso país ja foi lá é por isto que ainda não deu nada é muita gente de rabo preso e quem paga sao aquelas onças mortas de maneira tao covardes...é mas aqueles coitados que estavao caçando estes dias para comer apareceram saindo todos presos nos jornais..é pobre mata um animal silvestre para matar a fome dos filhos e vai preso.esta filha da p..mata por prazer e esta solta..nosso país é uma piada.

    ResponderExcluir
  25. Mato Grosso, encerra em sua própria terra, sonhos guaranis........(Almir Sater, parceiro, violeiro,poeta........e triste}


    Sem comentários.

    ResponderExcluir
  26. ricos podem matar.... seja la o que for animais florestas pessoas enfim eles tem a lei do lado deles... essa coisa jamais ira para a cadeia. estamos no BRASIL. discutir pra que?

    ResponderExcluir
  27. Vamos espalhar bastante o nome desta falsária e de suas pousadas "refúgio" A CAIMAM é uma delas. Evitem esses lugares. Quem vai querer ir para um lugar de bandidos? Nessas pousadas deve-se também capturar passáros para venda ilegal.

    ResponderExcluir
  28. Isso prova a mentalidade , via de regra, do povo brasileiro. Não preserva e nem respeita nada! Depois quer ser potência! Como? Se não tem educação, cultura e infraestrura para isso??

    ResponderExcluir
  29. MORTE É POUCO PARA ESSA BEATRIZ.
    TEM Q FICAR NUMA JAULA CHEIA DE ONÇAS FAMINTAS E DEIXAR AS ONÇAS SE ALIMENTAREM COM ELA.MAS MESMO ASSIM ME PREOCUPO DAS ONÇAS SE ENVENENAREM,OU SE INTOXICAREM COM ESSA MALDITA BIN LADEN ANIMAL.

    ResponderExcluir
  30. Essa vagabunda nem é da família dos Rondon, ela arrumou um trouxa rico que tem esse sobrenome, e deu pra essa piranha, vagabunda, filha da puta.Tomara que morra devorada por piranhas.Mas isso não vai ficar assim...essa puta sem vergonha vai ter o que merece.

    ResponderExcluir
  31. Que tal confiscarmos esta fazenda e torna-la reserva ambiental de verdade???

    ResponderExcluir
  32. Eu tenho 10 mil! Mais dez iguais e fazemos uma caçada a uma VACA que mata ONÇAS... O máximo que vai acontecer conosco é pagarmos uma multa de 100k. Moleza...
    Quem vem comigo...?

    ResponderExcluir
  33. A ´ambientalista´ deixou de sê-la, assim que balançaram 40 mil dólares no fucinho dela.
    O que ela não faria por uns 500 mil?

    ResponderExcluir
  34. Em 31.01.2011 o site www.opantaneiro.com.br noticiou a "Mortandade de peixes no Rio Negro: uma tragédia irreparável - Diversas amostras da água do Rio Negro foram retiradas e estão sendo analisadas para se saber da sua condição" como podem ver no link, a distinta Sra. Beatriz Rondon aparece indignada, chocada com a cena.http://www.opantaneiro.com.br/noticias/aquidauana/100512/mortandade-de-peixes-no-rio-negro-uma-tragedia-irreparavel. A tragédia no Rio Negro, dentro da sua fazenda foi noticiada em rede nacional. Pergunto: porque os peixes morreram???

    ResponderExcluir
  35. PARAbens a todos,vamos fazer com que essa ordinaria pague pelos seus crimes.TODOS OS DIAS EU DESEJO NAO A SUA MORTE MAS QUE ELA SOFRA MUITO,OU ALEJADA OU COM ALGUMA DOENÇA BEM SOFRIVEL.

    ResponderExcluir
  36. Elisabeth Albrecht11 de maio de 2011 15:07

    Temos mais um caso de absoluto repúdio! A vadia é arrogante, prepotente, desprezível e os nomes que gostaria de mencionar certamente estão passando pela cabeça de todos que são decentes, honestos e que lutam por um planeta que ainda sobrevive! EXIJO DO GOVERNO FEDERAL PUNIÇAO! PRESIDENTE DILMA, CONFIAMOS NO CUMPRIMENTO DA LEI!

    ResponderExcluir
  37. Sobre o comentário acima..."Vamos espalhar bastante o nome desta falsária e de suas pousadas "refúgio" A CAIMAM é uma delas. Evitem esses lugares. Quem vai querer ir para um lugar de bandidos? Nessas pousadas deve-se também capturar passáros para venda ilegal".
    O REFÚGIO ECOLÓGICO CAIMAN NÃO PERTENCE A SRA. BEATRIZ, E UM LUGAR ONDE HÁ RESPEITO ABSOLUTO PELA NATUREZA, EXISTE UMA PREOCUPAÇÃO DIÁRIA DE INTERAÇÃO DO HOMEM COM O MEIO AMBIENTE, A CAIMAN OFERECE PROTEÇÃO IRRESTRITA AO MEIO, EXISTE A EXPLORAÇÃO DO TURISMO SIM, PASSEIOS, SAFARIS FOTOGRÁFICOS, NINGUEM PODE SEQUER JOGAR LIXO NOS CAMPOS, CAÇAR OU MATAR QUALQUER TIPO DE ANIMAL, INDEPENDENTE DE SEU TAMANHO. A CAIMAN É DE FATO UMA ÁREA DE PROTEÇÃO AMBIENTAL, PODEM IR LÁ E CONSTATAR AS MINHAS INFORMAÇÕES.

    ResponderExcluir
  38. E carrega o nome de Rondon, uma mau caráter desta! Não vou chamá-la de víbora, pois, não merece ser comparada a qualquer animal. Uma bizarra delinquente e bandida, lhe cabe melhor.
    Ah País, que só vai pra cadeia pé de chinelo!!!

    ResponderExcluir
  39. Para quem não sabe, eu lembro que a Constituição Federal prevê a modalidade de Desapropriação Confisco para o caso de utilização de propriedade para fins ilícitos.
    Voltando à realidade, ainda que ela seja condenada pelo crime ambiental de caça ilegal ela nunca será presa. E mais, uma multa pequena de 105 mil reais não é nada. Então, para quem é ambientalista, se por acaso você mora no Mato Grosso do Sul, pressione as autoridades (especialmente o MP e o IBAMA) a requerer a desapropriação da propriedade da dita cuja sem nenhuma indenização(lembrando que há também a desapropriação por interesse social, só que nessa há indenização). Com certeza isso será mais eficaz que todo "o rigor" da Lei dos Crimes Ambientais!!!!

    ResponderExcluir
  40. SE PAPI DESSA VADIA. SR PERICLES RONDON HOMEM CUMPRIDOR DA JUSTIÇA DESEMBARGADOR, JUIZ DOS JUIZES, ESTIVESSE VIVO O QUE ELE FARIA? APOIARIA ESSA VADIA FORA DA LEI??

    ResponderExcluir
  41. se tomassem todas as terras do monstro do pantanal. eu acreditaria um pouquinho mais na justiça brasileira. pois cadeia jamais.... ela eh poderosa.! vaca vadia

    ResponderExcluir
  42. Marcos se eu tivesse dinheiro, patrocinava essa caçada a vadia do pantanal, sinto repulsa ate de escrever o nome dela. arrrggg nunca matei nada na vida ..ela eu matava.

    ResponderExcluir
  43. E o pior é que eu acho que com isso, mais alguns grandes fazendeiros vão utilizar esta idéia e esta cruel matança não vai parar por aí, isso se essa vadia não voltar a fazer isso após pagar a multa

    ResponderExcluir
  44. Que todo o mal volte para ela. O Brasil é um pais de dar vergonha, nunca deveriam deixar esse ser deploravel impune.

    ResponderExcluir
  45. A justiça será feita...

    II Timoteo 3:1 a 4
    Nos ÚLTIMOS DIAS sobrevirão tempos difíceis, pois os homens serão EGOÍSTAS, avarentos, arrogantes, blasfemadores, desobedientes aos pais, ingratos, irreverentes, desafeiçoados, implacáveis, caluniadores, sem domínio de si, CRUÉIS, inimigos do bem, traidores, atrevidos, enfatuados, antes amigos dos PRAZERES que amigos de Deus.

    se ela pensa que ficará impune aos olhos de DEUS, coitada...

    LUCAS 12:20 e 21
    Mas DEUS lhe disse "Louco, esta noite te pedirão a tua alma, e o que tens preparado, para quem será?
    Assim é o que entesoura para si mesmo e não é rico para com DEUS.

    APOCALIPSE 21:8
    Quanto porém aos covardes, ...aos ASSASSINOS, aos impuros, aos idólatras, ....a parte que lhes cabe será no lago que arde com fogo e enxofre, que é a segunda morte.

    ResponderExcluir
  46. Isso não crime? Ela nao deveria estar presa???

    ResponderExcluir
  47. Ela vem falar que estava matando o gado dela...
    Na fazenda do meu pai também..é so colocar cerca elétrica e poste de luz que liga com o movimento em certos pontos estratégicos...A multa de R$220.000,00 é muito pouco...O valor do pacote é de 40.000,00 mil dólares... dois pacotes já paga tudo...Coloca milhoes ai...coloca ela na cadeia...
    Tem que denunciar sim Se cada um fizer a sua parte...O mundo vai mudar....
    Achei um projeto na internet que é contra tudo isso
    “Uma das premissas básicas do Projeto Venus é a de que nós trabalhamos para que todos os recursos da Terra sejam patrimônio comum de todas as pessoas do planeta. Qualquer coisa menos que isso irá simplesmente resultar numa continuação do mesmo catálogo de problemas inerente ao sistema vigente. O comportamento humano está sujeito às mesmas leis como qualquer outro fenômeno natural. Nossos costumes, condutas e valores são subprodutos de nossa cultura. Ninguém nasce com ganância, preconceito, intolerância, patriotismo e ódio; estes são todos padrões comportamentais aprendidos. Se o ambiente continuar inalterado, comportamentos similares repetir-se-ão.”

    ResponderExcluir
  48. a natureza é uma harmonia divina, sinfonia maravilhosa qQuando agredida, a natureza não se defende. Apenas se vinga."
    (Albert Einstein)ue convida todas as criaturas a que acompanhem sua evolução e progresso." (Tsai Chih Chung)
    "A natureza criou o tapete sem fim que recobre a superfície da terra. Dentro da pelagem desse tapete vivem todos os animais, respeitosamente. Nenhum o estraga, nenhum o rói, exceto o homem." (Monteiro Lobato

    ResponderExcluir
  49. Os estudantes que participaram do Projeto
    Rondon, deveriam fazer um abaixo assinado para a
    talzinha Beatriz perder as terras.
    Tanta gente precisando de terras para viver e fazer suas próprias pesquisas e a talzinha destroe
    a natureza.
    Fora das terras VAGA

    ResponderExcluir
  50. Gostaria de dizer algo a esta idiota senhora Beatriz Rondon: no dia em que a senhora se deparar com uma onça, torcerei profundamente para que ela morda a sua jugular e sem dó nenhuma, te faça de comida..... e te mande pra pqp.

    ResponderExcluir
  51. Estou torcendo para que está mulher tenha o seu castigo !!

    ResponderExcluir
  52. Reafirmo toda a a revolta das pessoas que comentaram o fato! Para cada onça que resgatamos, é necessária uma verdadeira operaçao de guerra. No entanto, para matar, só um segundo.
    A impunidade tem que acabar.

    ResponderExcluir
  53. Essa vagabunda, pagou a fiança e deve estar na matança novamente, a lei brasileira não vale nada, somos um país falido na fauna e na flora, desrespeito aos animais.
    Deviam prender essa víbora numa árvore e deixa-la na mira de caçadores para praticarem tiro ao alvo!!!

    ResponderExcluir